Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SALVE ENGANO

Destino insano...
na vida,
não há engano...
seja luz, seja ferida,
morrer deveria ser desumano.

Morremos todos os dias
um pouco, mais um passo...
ambulantes lápides sem elegias,
só mais um pedaço...

Me despeço dos antigos,
pedindo um trago,
não me importo com os inimigos
sei no futuro, do estrago...

Meço minha existência em largos passos,
em festas, em alegrias e felicidade,
e no meu coração, expandido com a idade,
trago amigos e muitos abraços.

Coisa simples é a felicidade...
basta positivo pensar,
sonhar em qualquer idade,
e ir à luta, com sinceridade...
Ocirema Solrac
Enviado por Ocirema Solrac em 30/10/2007
Código do texto: T716055

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ocirema Solrac
São Roque - São Paulo - Brasil
275 textos (89382 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 13:25)
Ocirema Solrac