Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Funeral

Velório sem cerimônia
no meio da madrugada
pra não parecer cafona.
Na urna mortuária
jazem, em cinzas,
os 13 versos que fiz
pra ti.
Mais alguns poemas
tolos e ingênuos
que guardei em mim.
A falta de palavras
é o melhor discurso de despedida.
O cheiro de papel queimado
parece mais forte
na penumbra do quarto.
Amanheceu chovendo
não haveria enterro
mesmo.
Márcio Filho
Enviado por Márcio Filho em 23/02/2021
Código do texto: T7191323
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Márcio Filho
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 31 anos
119 textos (2521 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/02/21 03:55)
Márcio Filho