Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hialina Bailarina


Lá vem Ela!

Leve como o viço da manhã,
Valsando içada nas pontas dos pés
Como um cisne branco no lago azul
Singrando com graça entre os aguapés

Por onde ela passa tudo se ilumina
E todos os dias bem de manhãzinha
Eu espero inquieto, a menina Hialina
E meu coração aos baques, definha

Mas hoje a menina quebrou a rotina
Em seu lugar veio a nuvem cinzenta
Esperei com ardor, coração em chamas
Pela vinda da minha dançarina menina

A chuva martelou na tarde funesta
A menina se foi na enxurrada do tempo
Em meus olhos cansados caiu a neblina
Se foi para sempre a menina Hialina

Que dançava sonhando em ser bailarina


José Mattos
Enviado por José Mattos em 15/11/2005
Reeditado em 15/11/2005
Código do texto: T71928


Comentários

Sobre o autor
José Mattos
Santa Rita do Pardo - Mato Grosso do Sul - Brasil, 56 anos
54 textos (2920 leituras)
1 e-livros (48 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/20 16:05)
José Mattos