Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FINADOS

No sentido da palavra
Terminar, acabar, morrer
Assim,  criou-se este dia
Prá velar os entes queridos
Que não mais vamos ver

No sentido da palavra, morrer
Mas contraditório se prediz
Pois morrer é viver
Viver em outra forma e dimensões
Na esperança de um dia nos rever

Quem crê em Deus sente dentro de si
Pois a vida não teria sentido neste mundo perdido
Passar por tanta coisa e depois perecer
Sem algo mais a frente e simplesmente morrer

A matéria em si acaba, mas o espírito da alma continua
Pois o mistério precioso da vida
E o que a nós o reserva
Só a Êle pertence, ao Pai que ama seus filhos
Nos dará essa continuidade sem discriminar cada ser

Por pior que seja o desfecho
Nessa passagem, acostumados a matéria
Ficamos livres da dor, o amor de Deus nos envolve
Mesmo que seja o pior pecador

Talvez isso alivie, a quem tem medo de morrer
Não é o fim, pode ser pra este mundo
É o início, não sabemos de que
Quem sabe buscando n'alma
A luz do grande Ser  -  "Deus"


 


maria do carmo alves marques de castro
Enviado por maria do carmo alves marques de castro em 02/11/2007
Código do texto: T720826
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
maria do carmo alves marques de castro
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 70 anos
90 textos (4809 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/02/21 13:46)
maria do carmo alves marques de castro