Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FORNADA DOS SONHOS

De onde os dias vêm não sei,
Só sei que quando abro os olhos
Preparo-me para as poesias,
Que saem da noite
Na fornada dos sonhos,
Sim, porque elas não dormem,
O forno da inspiração as cozinha,
Transforma-as para uma melhor digestão.
É assim que na fuga da noite
Para os recônditos do silêncio,
Forma-se um repleto bifet de palavras,
Todas ajustadas á boa digestão do dia.
Para mim o despontar de cada estação
É sempre uma festa no horizonte.
Porque tudo é novo, diferente.
Frio e calor no coração
É necessário, porque é vida.
E eu deveria chorar de alegria, de emoção,
Porque ao intermédio, primavera e outono,
Rendo-me ao nascimento das flores
E ao abandono das folhas secas
Forrando a lonjura dos meus passos,
Que eu sei que não retornarão
Deixar-me-ão a mercê dos sonhos,
Sob o escuro da noite e brilho da lua,
Até o meu renascer com o sol.

WalterBRios 5/11/2007
(Inspirado no poema - < Dos dias que virão > - de Charlyane Mirielle)
Walter BRios
Enviado por Walter BRios em 05/11/2007
Código do texto: T724724
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Walter BRios
Salvador - Bahia - Brasil, 62 anos
358 textos (13952 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 07:37)
Walter BRios