Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FAZ TEMPO

   Mãe, deixa eu falar com você
   Nem que seja em forma de oração.
   Faz tempo! Muito tempo que não a vejo.
   Não lembro mais do seu rosto
   Não lembro mais dos meus irmãos
   E nem do rosto do meu pai.
   Faz tempo! Tanto tempo!

   Não sei como vim parar aqui,
   Neste abrigo de rostos estranhos
   Que teimam em ficar do meu lado...
   E faz tempo!

   Sinto falta da minha família
   Mas é na senhora, mamãe,
   Que penso toda noite na hora de dormir.
   Às vezes eu sonho com um rosto
   Que no outro dia a minha memória teima em me trair
   E não consigo lembrar de nada
   Faz tempo!

   Daí vem a angústia e muitas vezes me pego chorando.
   Olho pro céu e faço uma prece desajeitada, prece simples
   Mas é como eu sei fazer,
   E continuo esperando que você, mãe,
   Apareça e me abrace
   Pegue na minha mão e me mostre o caminho de casa
   Aí sim. Voltarei a ser feliz outra vez!
   Volta mãe!
   Volta que eu te amo do fundo do meu coração
   Faz tanto tempo!
Josa Pinheiro
Enviado por Josa Pinheiro em 06/11/2007
Reeditado em 07/11/2007
Código do texto: T725573

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.sitedoautor.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Josa Pinheiro
Fortaleza - Ceará - Brasil
162 textos (11403 leituras)
1 e-livros (522 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 02:59)
Josa Pinheiro