Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema da Pedra Fria




               
                       Maria afia a faca
                       na pedra fria de sua pia
                       E tudo assovia, tudo é sonoridade
                       na pia louca de Maria.

                      Maria a faca a pedra a pia
                      Afia a voz e outra vez tudo  assovia
                      Tudo é pura poesia
                      na louca pia de Maria.

                      Maria fria afia o verso
                      do Universo só faz verso da sua louca pia.

                      Ah! Louco tempero, louca arte de Maria.
                      Maria assovia ritmando a faca.
                      Na pia, sua cega faca afia,
                      seu tempero, pura musicalidade.
Américo Paz
Enviado por Américo Paz em 06/11/2007
Código do texto: T725586

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Américo Paz
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 55 anos
369 textos (145652 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 10:15)
Américo Paz