Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALVORECER

       

Saudades sentidas do meu alvorecer
Em plagas tangíveis dos sentimentos
Onde tudo encantado está a favorecer
Impulsos aflorando em pensamentos.

Ao raiar do dia os pássaros a festejar
Em trinos lindos de refinada sinfonia
E os sonhos e inspirações a transpirar
Em forte sentir de perfeita harmonia.

Que satisfação e felicidade ao acordar
Ouvindo canções alegres e animadas
Da passarada em sua festa a regorjear
Deixando tantas criaturas fascinadas.

Pelas matas e campinas nas façanhas
A passarada animando todo meu viver
Contemplando belos rios e montanhas
A cada instante é um sentir de prazer.

Tempos idos de tanto contentamento
No florescer da vida em plaga natal
Perdurando sempre a todo momento
Saudades eternas do meu existencial.
FRANCISCO TEOTÔNIO DA LUZ NETO
Enviado por FRANCISCO TEOTÔNIO DA LUZ NETO em 06/11/2007
Reeditado em 07/11/2007
Código do texto: T726469

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FRANCISCO TEOTÔNIO DA LUZ NETO
Brasília - Distrito Federal - Brasil
2 textos (56 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 19:05)
FRANCISCO TEOTÔNIO DA LUZ NETO