Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No mar, as conchas

Olhos fechados sentem a brisa suave do mar.
Das conchas espalhadas na areia pressente a dor.
Lindas e retorcidas como emaranhados de amor,
Guardam pontas finas e agudas para rasgar.

Segue andando, destemida, não se nega a pisar.
Deseja ver o caminho; sentir, no rosto aberto, o calor.
Não importa que os pés tenham feridas de toda cor.
A alma desperta atravessa o sorriso franco a aflorar.

Na tarde, a praia fria anoitece, sombras a chegar.
Ela mergulha no mar, oferece lágrimas ao luar.
Rastros em pérolas negras e brancas a contrapor.

Cabelos de tempestade escorrem a emoldurar.
Os olhos adiante na estrada, fátuos a iluminar.
As vias de conchas, os pés descalços a compor.
Christina Ferreira
Enviado por Christina Ferreira em 07/11/2007
Código do texto: T726711

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.umdiaumaestrela.wordpress.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Christina Ferreira
Manaus - Amazonas - Brasil
9 textos (470 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 08:49)
Christina Ferreira