Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Infância atropelada/ 2007

Senti saudades da minha infância
e apenas tenho pouco mais de 40.
Vi a minha liberdade tornar-se prisioneira
e a noite trazer de volta o meu sono.
Me senti envelhecido a partir dos 30
e mais experiente desde os 25.
Temia a morte como se fosse um castigo
e hoje creio na sorte de viver mais 20.
Senti saudades da minha infância
e quase não tive tempo de vivê-la.
Me preparei para um futuro promissor
e me esbarrei na frustração de um presente amargo.
Fui criança e moleque até uns 15
e aos incompletos 18 já era adulto sem saber.
Não conhecia o ser humano antes de ter o poder
e agora sei que sou descartável para a ganância.
Senti saudades da minha infância
e tudo foi tão rápido antes dos 21.
A família reunida era mais que sagrada
e o evoluir matou o respeito ao semelhante.
A natureza sempre foi fonte de vida
e ela responde com a morte a agressão sofrida.
Sinto saudades de ser adolescente
e ainda nem sei o que é ser adulto.

                                                       DUDA GÓES
Duda Góes
Enviado por Duda Góes em 11/11/2007
Código do texto: T732509

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Duda Góes
Olinda - Pernambuco - Brasil, 53 anos
104 textos (1971 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 08:28)
Duda Góes