Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Amor e a Poesia

Eu às vezes não sei como definir o amor;
Gosto de pensar nele como um criador.
Para aqueles que não sabem, foi ele o inventor da poesia;
Ele a pediu em casamento logo em seguida...
E ela aceitou sem imaginar o tamanho do seu poder de magia.
Eles encantaram meu coração rápido,
Os escuto sempre, e os usos também.
Eles aparecem cada um com seu estilo,
Dependendo muito do estado espiritual,
Se estiver de bem com a vida, a poesia aparece com um ar angelical,
Se estiver chorando ou sorrindo é o amor que me consola por bem ou mal.
Temos milhares de sentimentos amontoados dentro de nós
Uns bons e outros péssimos, mais eles existem e permanecem;
Crescem e enriquecem.
Não há como fugir deles, o melhor é amadurecê-los.
Assim, o amor e a poesia modificam alguns sem cobranças;
Os guarda e os tornam lembranças...
 

cléo
Enviado por cléo em 11/11/2007
Código do texto: T733195
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
cléo
Jardim do Seridó - Rio Grande do Norte - Brasil, 35 anos
143 textos (7964 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 07:50)
cléo