Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Devoradora II

Adoro tua boca quando balbucia
Palavras "feias" e sem receios
Deixa a língua perder os freios
Para dizer tudo o que me arrepia.

Adoro sentir os teus seios
Arrepiados com minha mão fria,
Que atrevida sempre desvia
E toca teu sexo sem rodeios.

O meu paraíso nasce do corpo dela
Que me da prazer e nunca reclama
Dançando enquanto a gente se ama,

Nestes momentos ela é fera e bela
E mulher vadia e seu ventre clama
Que eu lhe abrande o fogo na cama.
Jeff Condol
Enviado por Jeff Condol em 13/11/2007
Reeditado em 14/11/2007
Código do texto: T736252
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jeff Condol
New York - New York - Estados Unidos
802 textos (112128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 00:56)
Jeff Condol