Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MÚSICA SEM PALAVRAS




Ouço distante, tua sinfonia,
Acordes supremos de minha criancice
Compassos, notas em suave harmonia,
Lembranças e fatos de nossa meninice.


Um amor ausente é triste melodia
Envolvida por uma certa doidice
É um flagelo incômodo, uma agonia...
Ouviste bem o que eu disse?

Eterna mania, tu permaneces calado.
Não ages como um ser amado.
Fazes do meu céu, torturante inferno.


Minha trêmula alma - ser vivente,
Quer amar, tornar-se gente,
Submergir deste impiedoso inverno.

Denise









Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 22/03/2005
Código do texto: T7394


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (952158 leituras)
16 áudios (8940 audições)
311 e-livros (34553 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/05/20 15:52)
Denise Severgnini