Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Demência!




                                      Paira no ar o prenúncio de demência!
E porque não…se o inverno aí vem !
Pedi ao meu triste destino clemência
Mas ele corre e ri,nada o detém…


A montanha foi dificil de escalar
Pobres mãos... a noite as fez escuras,
E o meu tormento desejei calar…
Para esquecer minhas amarguras.


Na penumbra de noites  desertas
Eu sinto minh’alma perdida sem rumo,
Navego neste mar de águas incertas,


Vejo meu barco balançando e presumo
Tempestades  em ondas de  fumo
Neste imenso mar das descobertas...
Odete Simões
Enviado por Odete Simões em 17/11/2007
Código do texto: T741136

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Odete Simões). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Odete Simões
Portugal, 91 anos
68 textos (408 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/17 22:35)
Odete Simões