Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TUDO QUE VEJO!!

Viajando como um pássaro, vejo um lindo horizonte, as nuvens criam formas, parecem não ter fim, elas se integram, se separam mais não falam. Chega à noite, com ela as estrelas, com tão notável beleza expressam sua nobreza. Com a lua, vem a inspiração da mais linda poesia; um beijo, um abraço e a sensibilidade que a lua irradia.

Daqui do alto vejo árvores de concreto e aço, elas não exalam apenas se espalham. Por que o verde bonito está escondido? O vento sopra forte me fazendo descer, aqui eu vi coisas que do alto não da pra ver, gente que mata gente sem ter porque, gente com bolhas nas mãos sem ter o que comer.

Gente que vive de palitó e gravata dizendo não saber, subindo em gaiolas abertas prometendo tudo pelo poder.

Vou voar, voar para não chorar, um dia irei voltar para este lugar, espero encontrar em gaiolas fechadas, palitos e gravatas hipócritas que ousaram enganar o povo deste lugar.

Vote consciente! Faça a diferença.
Pedro Santana
Enviado por Pedro Santana em 18/11/2007
Código do texto: T741979

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Santana
Paulista - Pernambuco - Brasil
4 textos (126 leituras)
6 áudios (485 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 18:24)
Pedro Santana