Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Noite

Quando o dia se esvai
E saúda a noite lívida de emoções
O vento sopra mais profundo
 E cria um ar patético de tristeza!

Mas é de noite
Que a “má fada” encanta os corações
Derrete as prisões mais fortes
E me liberta pro capcioso mundo!

Noite! Sagrada noite!
Tua escuridão é um véu nobre
Que cobre a realeza infame
E leva graça aos olhos culminantes!
 
O teu crepúsculo
É o adormecer dos dias sóbrios
Pois o vento forte e a sombra duradoura
Faz-me livrar a culpa de meus perversos dias!
Cecília Afonso
Enviado por Cecília Afonso em 24/11/2007
Código do texto: T751360
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cecília Afonso
Duque de Caxias - Rio de Janeiro - Brasil, 26 anos
14 textos (291 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 00:07)
Cecília Afonso