Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Foto - desconheço o autor - recebi por email

MARCAS


Quais as marcas
Que, sorrateiras, marcam
Profunda e absurdamente
A negligente Alma humana?

Quais os açoites,
Que noite e dia desenudam
Feridas íntimas e descabidas
Na carne e na alma?

Quais os humores
Que, destemidos
Se apossam em desatino dos insanos
Que aos sabores se entregam?

Quais os caminhos
Que nós, filhos da Terra,
Tolamente, aventureiros noturnos
Nos propomos a deslindar?

Quais os pecados,
Que arrempedidos,
Num arroubo de coragem,
Ousamos confessar?
Paulo Araújo de Lima
Enviado por Paulo Araújo de Lima em 25/11/2007
Código do texto: T751897
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar o nome do autor e o link "paulolima.recantodasletras.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Araújo de Lima
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
174 textos (13822 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 17:52)
Paulo Araújo de Lima