Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MADRUGADA

Madrugada, trilha do sonho!
Anjos de asas despidos.
Aos poucos reponho
um pouco dos meus sentidos.

Tua Boca, meu corpo, percorre.
Não consigo resistir!
Só sinto o suor que escorre,
minha alma a consentir.

O meu corpo te procura,
percorrendo os teus espaços.
Uma Linda e doce loucura,
sentindo-te entre meus braços.

Um suspiro me enlouquece,
num beijo da boca tua.
A mente de novo esquece,
sentindo esta pele nua.

Teus seios me dizem sim,
teu corpo permite tudo.
Entrego-me inteiro, por fim,
neste gemido tão mudo.

Juntos, nós dois, chegamos.
Um comovente querer.
Num grito nos entregamos
ao gozo; intenso prazer!

Um silêncio então se faz.
Fico quieto, não me movo!
Momento que traz a paz,
Até que o desejo diga: DE NOVO!
Ernesto Braga
Enviado por Ernesto Braga em 26/11/2007
Reeditado em 02/09/2008
Código do texto: T754127
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ernesto Braga
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil, 53 anos
73 textos (2130 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 08:03)
Ernesto Braga