Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O desespero cega, a esperança guia!...


Euna Britto de Oliveira



Coisas que colho ao acaso...
Panelas vazias, mesmo que brilhem, são tristes, se há fome...
O baile das amendoeiras acontece quando há vento!
Gingam, gingam...
E desarrumam as galhas
Antes, quietas.
Pintados de sangue,
O mar e o mangue...
Caranguejos fervilham no barro cor de chumbo
E são apanhados para o prato dos nativos...
A população de morcegos herbívoros no sótão,
Não sei se faz medo ou nojo.
O que faria com um rinoceronte que viesse a me pertencer?
E com um hipopótamo?...
Uns sofrimentos chegam.
Outros, a gente vai atrás...
Atrasado, o trem chegou
Com passagens, sem passageiros...
Não se arrepende a hora da história
Em que se cruzaram certos caminhos
E se trocaram certos carinhos...

O desespero cega,
A esperança guia...

Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 29/11/2007
Código do texto: T757180
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (35442 leituras)
6 áudios (365 audições)
12 e-livros (692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 17:16)
Euna Britto de Oliveira