Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POESIA NA INTERNET

Brota do íntimo do coração
Nascente dos mais puros sentimentos
Ventre poético da inspiração
Um verso novo, em pleno nascimento.

Já feito agora córrego sereno
Desliza experimentando sensações
E vai ao cérebro onde em gozo pleno
Transforma-se em palavras e expressões

No movimento mágico dos dedos
Escoa por vertentes eletrônicas
Dos toques no teclado são enredos,
Idéias a pulsarem, ultra-sônicas.

Agora é rio, caudaloso e ágil,
De letras, versos, estrofes em bytes
Na mídia, a um tempo poderosa e frágil
Recebe a luz na vastidão dos sites

Espalha-se na rede, já é mar
Inunda a net em ágeis movimentos
Surge nos monitores, a brilhar
Toma a amplidão do espaço, corta os ventos

E ao penetrar nos olhos dos leitores
Em movimento análogo e inverso
Verte do cérebro, escoa os teores,
Deságua ao coração, formando versos!

Oldney Lopes
Enviado por Oldney Lopes em 02/12/2007
Reeditado em 02/12/2007
Código do texto: T761884

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Oldney Lopes - www.oldney.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Oldney Lopes
Brumadinho - Minas Gerais - Brasil
323 textos (65943 leituras)
4 e-livros (1281 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 15:26)
Oldney Lopes

Site do Escritor