Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU AMOR

Que será da noite
Sem as estrelas
O sol sem a lua
A poesia sem você
O divã do analista
Sem desencontrados
Que será do futuro
Que virá do passado
Da vida em comum
Vida própria de cada um
Meu amor que será
Do trem sem trilhos
Das mães sem filhos
Das clinicas de aborto
Que será deste verso torto
Depois de tanta linha certa
Da situação que nos aperta
Da solidão
Das noites sem fim
Que será de você
Que será de mim
Que será de nós
Do nosso planeta
Que presente tem agora
Que precisamos jogar fora
Talvez esses versos
Quem sabe essa poesia
Meu amor quem nos diriá
Que caminho seguir
Que cego guiará nosso existir
Charlie Augusto
Enviado por Charlie Augusto em 04/12/2007
Código do texto: T764979

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Charlie Augusto
Santo Amaro - Bahia - Brasil, 60 anos
33 textos (519 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 15:12)
Charlie Augusto