Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Língua do desespero"


Quanto teria que pagar pelo amor que nunca tive ?
Quanto valeriam as verdades que nunca ouvi ?

Língua, língua, língua

Sarabatana que quando sopra a cicuta da mentira, provoca suicídio lento

E eu tento, tento, e desalentado

Desatento, continuo a dar ouvidos as tantas desilusões

Ouvindo das bocas contradições

E tento, tento, tento...em vão

E ficam nos céus das incertezas

Verdades que desaladas voam no chão

E cavam e se enterram

E têm lápides que apenas dizem mudas

Aqui jaz um amor

E eu grito: Não me lapide língua do chão

O que tu guardas nas tuas entranhas nunca foi amor, não

Varley Farias Rodrigues
Varley
Enviado por Varley em 07/12/2007
Código do texto: T767948

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Varley Farias Rodrigues). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Varley
Fortaleza - Ceará - Brasil, 54 anos
127 textos (5461 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 10:07)
Varley