Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

em alma





é como um comboio pesado,
batendo as mandíbulas no tempo,
fazendo sola do corpo.
andamos quilómetros perdidos,
à procura de um resto,
de uma pista branca,
mas não há mais do que silêncio.

Assim, mesmo o nada seria completo.
Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 24/01/2008
Código do texto: T831711
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3850 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/19 15:33)
Constantino Mendes Alves