Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Flor

Brotastes em teu mausoléu
Como forma de vida
Voltastes do céu
A curar minha ferida.

Flor bela e maldita
És tu, que esteve morta
Brotastes, bendita
Abristes a porta.

És a beleza de um amor
Sei que és tu que brotaste
Em forma de flor
E teu túmulo enfeitaste.

És tão bela quanto antes era
És mórbida e maravilhosa
Prometeu, e voltastes, de vera
Tão quanto antes, cheirosa.

Prometo a ti, meu amor
Que virei sempre e sozinho
Lhe alimentar, minha flor
Com o mais delicioso vinho.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 29/03/2005
Reeditado em 29/03/2005
Código do texto: T8495


Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
958 textos (33232 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/10/20 07:43)
Júnior Leal