Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"sou um nada" (Rose de Castro/Ginot)

***reflexões sobre o nada***
(Edmo Ginot)


o tempo e o espaço
delimitam o meu ser

o primeiro é tão escasso
que eu me canso de correr

o segundo é um pedaço
do que de fato poderia ser

sou assim, um erro crasso
no embaraço do meu viver


sou um nada
(Rose de Castro)

o tempo e espaço
explodiram o meu ser

átomos pra todos os lados
vejo-me no espaço me perder

fiquei assim, um nada ao quadrado
na matemática do meu viver.


Rose de Castro
A 'POETA'


http://www.poesiapura.com/poesia/viewtopic.php?t=4892
 
 




Rose de Castro
Enviado por Rose de Castro em 28/07/2007
Código do texto: T583175

Comentários

Sobre a autora
Rose de Castro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 63 anos
200 textos (26068 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/05/21 05:18)
Rose de Castro