Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIVAGAÇÕES...

Toda manhã (é infalível!),
eu acordo e já agradeço
Pelo sono, pela noite...
Lá fora o vento é um açoite,
mas aqui dentro, me aqueço...

Levanto, meio sonada,
Boto água pra ferver,
enquanto ferve, me banho
com um prazer sem tamanho,
quem  dera, ficar, poder...

À vontade, de pijama,
com o meu café na mão,
caminho para o alpendre,
buscando, nos meus meandros,
a meada da emoção...

Glicínias, rosas, narcisos...
já me envolvem, perfumando...
E de repente um trucilo
de um tordo, que sem vacilo,
estufa o peito, cantando...
 
Esta é parte do meu dia,
em que libero emoções,
Com o olhar perdido ao longe...
Já o sino da ermida tange,
expulsa as divagações...
Nina Maria
Arianne Evans
Enviado por Arianne Evans em 09/08/2017
Código do texto: T6078667
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Arianne Evans
Curitiba - Paraná - Brasil, 69 anos
719 textos (59783 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/06/19 03:17)
Arianne Evans