Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOR DE DOER

Procuras milagre que te dê de comer?
Por magia brotaria farto alimento?
Persiste seca boca, carcaça a bradar
Fraqueza, desgosto, carência do alento.

Tens qualquer coisa no bojo além de vento?
Sei que sonhas ruminar parca comida
Quem sabe o oco te dê sustento,
Provimento que reanime a tua lida.

Quem tolera isso na vida?
A figura e o pranto de teu rebento!
Apatia, desesperança não digerida.
Há o que dilacere mais por dentro?

Pior temor a fome já não é mais!
Essa, a passo, tem-se o agüento.
Medra enormemente é a falta
Dos que valham os nossos a tempo!


www.ideiadejerico.com
André um Jerico
Enviado por André um Jerico em 26/09/2007
Código do texto: T669575

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andre Barbosa de Oliveira www.ideiadejerico.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André um Jerico
Monte Santo de Minas - Minas Gerais - Brasil, 47 anos
56 textos (824 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 16:36)
André um Jerico