Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Terra Nai do Adeus (Galicia)

Terra verde molhada,
amada terra, de campos floridos
com toxos invasores.
Ramas espinhosas, amarelas,
sol da terra que me fez renascer.

Cor do meu coração,
que sangra sangue amarelo,
correndo em tuas aldeias,
sangrando saudade.
Chorando tuas castanhas,
escorrendo cerejas,
no teu profundo azul-mar.

Poemas para quê?
Se tenho em mim todos os teus sabores,
todos os teus gostos guardados na memória.
Enquanto meus olhos rimam com tuas belezas,
teu mar salga as águas que banham esse olhar.

Poemas para quê?
Hari Trindade
Enviado por Hari Trindade em 20/09/2019
Código do texto: T6749569
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar Hari Trindade). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre a autora
Hari Trindade
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
846 textos (39041 leituras)
2 áudios (99 audições)
3 e-livros (66 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 03:34)
Hari Trindade