Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO GOSTARIA DE MORRER SÓ

NÃO GOSTARIA DE MORRER SÓ
NÃO GOSTARIA DE MORRER SÓ.
GOSTARIA DE TER ALGUÉM AO MEU LADO.
PARA REZAR OU ORAR POR MIM.
MELHOR, PELO MEU ESPIRITO.
E LÓGICO FECHAR MEUS OLHOS.

NÃO GOSTARIA DE PARTIR LARGADO
FEITO CACHORRO SEM DONO
ABANDONADO AO LEO
JOGADO NA SARJETA
AO SABOR DA CHUVA, DO FRIO, DO VENTO.

NÃO GOSTARIA DE IR-ME, DESTA VIDA.
COMO FLOR OUTONAL
QUE POR UM LAPSO DE TEMPO
PARTICIPOU
DO COLORIDO QUADRO DA NATUREZA,
E DEPOIS...

NÃO. NÃO GOSTARIA, DE INDIGENTE MORRER.
RECOLHIDO NO CATRE
DE UM ASILO, DE UM NOSOCÔMIO
COM UMA ETIQUETA
EM UM DEDO DOS PÉS,
 ESCRITO:  DESCONHECIDO

NÃO DESEJO DEIXAR DE EXISTIR
SEM ANTES OUVIR
O ÚLTIMO TANGO, “ ADIOS MUCHACHOS”
O SAMBA DE NOEL “FITA AMARELA”
O BOLERO “BÉSAME MUCHO”

NÃO. NÃO PARTIRIA
SEM ANTES OLHAR, O DERRADEIRO OLHAR,
DAQUELE ROSTO
DAQUELES OLHOS,
DAQUELES LÁBIOS
QUE UM DIA TANTO AMEI.

JAMAIS GOSTARIA DE MORRER
SEM DIZER AS ÚLTIMAS PALAVRAS
PERDOA-ME PELO MAL QUE TE FIZ
POR AMAR-TE TANTO
MEU ETERNO AMOR
ROMÃO MIRANDA VIDAL
Enviado por ROMÃO MIRANDA VIDAL em 04/05/2020
Código do texto: T6937492
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
ROMÃO MIRANDA VIDAL
Curitiba - Paraná - Brasil
351 textos (26519 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 13:17)