Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor folião

O meu amor dilacerou,
embriagou-se na massa
e se uniformizou.

Encantado, sorriu a colombina
gracejou a bailarina,
e flertou com as ninfas.

Pressionado (o meu amor)
enfrentou as barbas de Netuno,
desafiou piratas,
e duelou com os cruzados

Ébrio e fugaz,
mediu a avenida
e pisou descompassado,
meio sem jeito.

Saiu a esmo
deslocado da folia
perdendo a fantasia

Conformado, meu amor,
abraçado ao banco
refugiou-se na Consolação.



Gustavo Naufal
Enviado por Gustavo Naufal em 25/02/2006
Código do texto: T115959


Comentários

Sobre o autor
Gustavo Naufal
Curitiba - Paraná - Brasil, 40 anos
71 textos (2269 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/04/21 14:32)
Gustavo Naufal