Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
*** MEU PAI – MEU QUERIDO – MEU VELHO – MEU AMIGO. *** Dia dos Pais - 2º Domingo de agosto.
 
 
Meu pai, um fiel guerreiro por natureza
Nunca/jamais teve temores das labutas
Com o seu jeito peculiar tinha até beleza
Apesar dos problemas encarava as lutas
 
 
Meu querido pai, hoje um avô feliz da vida
A sua missão a cumpriu com suor e louvor
As aflições da vida com ele foram (atrevida)
Ele não teve medo, virou o jogo a seu favor
 
 
Meu velho pai, conseguiu cantar e encantar
Fazer corpo pusilânime não era a praia dele

Sob as maiores pressões, soube se agigantar
Ser filho desse cara me faz feliz, vivo por ele
 
 

Meu amigo pai, conhece os atalhos do campo
Ainda bate aquele bolão, joga em toda posição
Com ele é papo reto em tudo, em todo tempo
Sabe que Deus é Pai, que nos aponta a direção.

 
 
José Aprígio da Silva.
“Lorde dos Acrósticos”
Stenius Porto.
“Dom Lorde”
Ceilândia/DF.
Quarta-feira, 17 de julho de 2019 – 00:55.
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 08/08/2019
Reeditado em 08/08/2019
Código do texto: T6715089
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 61 anos
1921 textos (183170 leituras)
1 áudios (52 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/04/21 06:30)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA