Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ano novo na Esplanada

Quando o verde das árvores volta
Pelo tapete da Esplanada dos Ministérios
Sob sons de clarins das alegrinhas cigarras
Ai, é verão! Esperança sem fim!
Por mais que a política não mude
Que também muita gente morra, viva, se empobreça e enriqueça
A Terra continue seus círculos – ciclos –
Em torno do Sol
É verão, é Natal, é ano novo!
O novo, mesmo que nem tão novo, ainda é novo:
Traz a grama verdinha... A chuva molhada
O show de luzes e carros na Esplanada.
A retrospectiva nos jornais nos dá o frio na barriga de ainda estarmos [vivos
Não sei se é bom ou ruim, mas é novo... Todo ano é novo
De novo
E enfim, batem as taças, tlim-tlim!
É ano novo.
Show de luzes na Esplanada
Árvores verdes, iluminadas.
Gritam as cigarras:
“-É ano novo na Esplanada!”
E batem taças de novo
E de novo, e de novo, e de novo...
Na Esplanada
É ano novo.
Luna Steinherz
Enviado por Luna Steinherz em 09/10/2007
Código do texto: T687392

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luna Steinherz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 28 anos
425 textos (24054 leituras)
3 e-livros (327 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 02:02)
Luna Steinherz