Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JADE

MULHER DE FIBRA

Uma moça bonita de personalidade marcante.
Encanta-me! Identidade silenciosa! Originalidade.
Em silencio a vejo falar! Disposição impressionante.
De fato uma mulher! De fato uma vaidade.

Vida própria! Fantasias irreais! Diferença e ousadia.
Capturo flash de sua historia em palavras aleatórias.
Quase incomum! Contorno seu rosto nessa estadia.
Sonhos cobertos por uma máscara! Nome! Uma vitória.

Objetivos secretos! Elétricos! A busca de uma sensação.
Alheia ao mundo não se curva! Defende seu modo de pensar.
Sempre a vejo como uma canção! A que vem do seu coração.
Visualizo um lugar ao sol! Visualizo-a sem te alterar.

Anjo! Mulher de varias cores! Não revela suas dores.
O mundo a cerca com decisão! Esses versos é sua primavera.
Toco uma harpa para combinar com sua harmonia. Mando-lhe flores.
Uma predisposição literária! Beleza! A própria aquarela.

Dona de reflexos coerente com perguntas sem sentido.
É hora de absorve o que ela não demonstra nessa sala.
O superficial se mistura com o seu profundo! Nada perdido.
Distrai com o anoitecer! Perde-se com o tempo! O vento a embala.

Jogo flores para enfeitar teu caminho! Meu traquejo.
Pensamentos distintos abduzidos pelo seu universo.
Joguei essa poesia em tua vida e festejo quando a vejo.
No compasso sigo teu estilo! No teu passo eu sigo anexo.

Moça! Mulher de fibra! Encanto capturado por fotografias.
Flash! Um rosto invisível! Uma mascara real quase surreal.
Faço-te esse rascunho! Arrisco nas cores! Arrisco na grafia.
Segredos escondidos! Tente a ler nas entrelinhas! Ela é sensual.

Soraia







Ciganita
Enviado por Ciganita em 28/05/2009
Código do texto: T1619368


Comentários

Sobre a autora
Ciganita
Conselheiro Lafaiete - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
290 textos (15606 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 02:15)
Ciganita