Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

             Palavras de agosto

  A palavra agosto
  Não rima com o convulsivo desgosto
  mas, no compasso do vento,
  da poeira(ouro em pó),
  agosto se perfila
  enquadra,afina
  e dança,dança
  rodopia co'as folhas...
  Desliza agosto sobre as faces
  escorrega entre ansiosos dedos
  e passa...
  Desgosto,desgosto mesmo,
  ele não corteja,nem conhece!
  Duende profético,agosto fareja
  e intui:polén,amores,flores.
  Por estas, agosto suspira...
  Mas... aí já é outro poema!
  Agora, é brincar entre os cabelos,
  levantar saias(curioso este agosto)...
  Levanta-se  airoso
  Ah_ gosto!


Teca
Enviado por Teca em 11/08/2011
Reeditado em 12/08/2011
Código do texto: T3153184

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1129 textos (123621 leituras)
5 e-livros (1490 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 20:42)
Teca

Site do Escritor