Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LASCÍVIA NOTURNA


Os pedófilos daqui, escutem-me:
esta noite é uma criança gostosa de transar.

Podem até me chamar de devasso,
só não me peçam pra calar,
pois o meu falo, já sedento,
quer agora papear.

A lascívia, que por dentro nos abrasa,
a seus toques, ninguém há de reclamar,
porque o desejo há muito recatado,
nesta noite, dele, ninguém se afastará.

Solta a vontade, o prazer, o instinto;
liberta o que a hipocrisia tenta amarrar,
debocha da cara deles, dizendo:
assim não dá.

Vem, não teme; sob o meu guarda-chuva,
ninguém se molhará.
Os teus pudores, expulsa-os;
eles são a causa do nosso triste penar.

Se, mesmo assim, ainda receias,
ultimas palavras tenho pra te dar,
obedece teu sangue que arde nas veias,
e, depois, infelizmente,
tudo voltará ao seu lugar.
Elton Diniz Pacheco
Enviado por Elton Diniz Pacheco em 11/03/2007
Código do texto: T409158

Comentários

Sobre o autor
Elton Diniz Pacheco
São Luís - Maranhão - Brasil, 37 anos
62 textos (2187 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 18:47)
Elton Diniz Pacheco