Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MENINO ETERNO

Ahhhiiiiooooo! sou criança, não cresci
Sou o mesmo menino levado
Que corria, que jogava bola
Que sempre sonhava acordado

Meu mundo é fantasia pura
Para mim não correu o tempo
Vou chamar meus velhos amigos
Com eles, soltar pipas no vento

Sou o mesmo menino lúdico
Que adorava rodar peão
Rodava também todos os sonhos
Na palma de sua mão

O que driblou o amor, suas complicações
A adolescência do coração perdido
Caminhou na rota do sol
Enganou a dor e a ilusão

Lá aonde os homens ardiam
Sentia que tinha razão
Ao fugir do abraço da realidade
E do fogo que vem do coração

Sou menino e nunca cresci
Vou brincar de correr
Fugir da má sorte
Do medo do escurecer

Vou voltar a brincar de pé na lata
Queimada
E se a morte, me pegar
Não vou chorar, vou apenas morrer!
 














Celio Govedice
Enviado por Celio Govedice em 16/03/2007
Reeditado em 21/08/2019
Código do texto: T414899
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Celio Govedice
Santana de Parnaíba - São Paulo - Brasil
1372 textos (79210 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/20 17:16)
Celio Govedice