Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALERGIA

Qualquer segundo que vivo
Sem lembrar de você
Mostra-me em doce alívio
Que poderei sobreviver

E se eu sou capaz de esquecer
Nada vai fazer você recordar
Pois o que mais alimentaria meu sofrer
Seria saber que por mim pudesse chorar

Perceber que em sua vida
Não passei de um momento
Ilumina minha alegria
Afogando qualquer tormento

Só de pensar
Que eu pudesse lhe causar agonia
Faz meu sangue gelar
E desbota minha nostalgia
 
Hoje me sinto mais forte que ontem
E seus braços nem me protegem mais
Nessa minha angustia de vai e vem
Vou desenhando a minha paz

Se me iluminava a luz do seu olhar
Estou aprendendo a clarear
Perdi-me na magia do seu sorriso
Agora me encontro no meu próprio feitiço

Tudo que eu tinha para lhe dar era amor
Mas não era o que você procurava
Como quem saboreia o licor
Minha vida você simplesmente degustava

Mas não é assim tão trágico
Cada momento para mim foi mágico
E mesmo que a saudade me cause alergia
Como lembrança, me cura a poesia.
Aléssya
Enviado por Aléssya em 06/09/2007
Código do texto: T641201

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aléssya
Contagem - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
1403 textos (59407 leituras)
85 áudios (12168 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 15:45)
Aléssya