Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

dias de chuva

Hoje está chovendo,
Está, um dia triste úmido e frio.
Olho á rua, nada vejo.
As vidraças embaçadas,
Impedem-me, de ver lá fora.
Ouço os pingos da chuva.
No telhado, e nas vidraças.
Passo a mão nos vidros.
E consigo ver a rua, triste e vazia.
Ninguém saiu para rua.
Jornaleiro e padeiro, sumiram.
TV, fora do ar nada para fazer.
Fui para o sofá, e lá fiquei.
Era domingo, não tinha aonde ir.
Adormeci e sonhei...
Que o dia estava lindo, o sol brilhava.
Lá no meio do céu, era um convite.
Para um passeio no parque.
Encontrar crianças, e adultos.
Alimentado os pombos, com pipocas.
Ouvir os bate-papos, as novidades.
Acordei olhei a rua ainda chovia.
A rua continuava triste, eu estava triste.
Minha janela continuava embaçada.
Lá fora estava deserto.
Somente o som da chuva, no telhado.
Aumentando meu tédio, sai para rua.
Fui visitar meus amigos, os encontrei reunidos.
Receberam-me com alegria, então percebi.
O quanto é gostoso ter amigos, em, dias de chuva.

                                          Volnei R. Braga

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 14/08/2005
Código do texto: T42551
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
2317 textos (154919 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/07/20 18:00)
Volnei Rijo Braga