Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Peço que não vás.
Fica mais um pouquinho.
Como passarei os dias
sem ouvir teu riso e sem fitar
o verde- musgo de teus olhos?

Peço que não vás.
Há um chamado do mar, do sol,
das flores, (sobretudo das azaléias),
pedindo que fiques.

Por isso, não vás!
Diz-me que nada do que falam
é verdade,e que nunca houve
prenúncios de partidas...





belvedere
Enviado por belvedere em 10/10/2005
Reeditado em 16/12/2008
Código do texto: T58426


Comentários

Sobre a autora
belvedere
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
223 textos (76682 leituras)
5 e-livros (1346 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/11/20 17:18)
belvedere

Site do Escritor