Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem tempo

Já parou para pensar quanto tempo gastamos para contextualizar e dizer que não temos tempo?

Andamos sempre tão ocupados.

Sem tempo para pedir licença, atropelamos e atravessamos na frente.
Perdemos o respeito, esquecemos gentilezas.

Sem tempo de dar um "oi", de telefonar ou  retornar uma ligação, de mandar ou responder a uma mensagem.
Abandonamos e somos abandonados.

Sem tempo de sermos atenciosos, aos poucos vamos nos afastando.
Deixamos de confraternizar.

Sem tempo para uma conversa, para escutar e ser ouvido, viramos nossa própria rotina, que usamos como justificativa e desculpa.
Solitários na multidão.

Sem tempo para o outro, sem tempo para nós, tentando nos eximir de qualquer responsabilidade.
Procuramos amenizar a culpa, culpando o próprio tempo.

Sem tempo.

Que não percebemos o quanto de tempo perdemos com desculpas.
Que não percebemos o quanto de tempo temos para doar atenção.
Que não percebemos quão pouco tempo alguém precisa para se sentir valorizado.
GeraldoCunha
Enviado por GeraldoCunha em 21/01/2018
Reeditado em 21/01/2018
Código do texto: T6231925
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria GeraldoCunha). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GeraldoCunha
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
76 textos (723 leituras)
1 e-livros (12 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/05/18 04:20)
GeraldoCunha