Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONHO DE UMA TARDE DE PRIMAVERA


 

 

Foi nesse dia ensolarado que te conheci.

Assim, desse jeito tão simples e normal,

Foi que descobri o quanto te amava.

 

Talvez o sorriso intenso que irradiavas á deriva,

Quem sabe o jeito com que teus dedos enrolavam o cabelo moreno,

Poderia ser a doçura presente a cada gesto inocente.

O fato é que te vi e me apaixonei.

 

Doeu em mim saber que jamais teria de novo esse glorioso prazer...

Pois quando mais o sol brilharia daquela forma pra eu te ver passar?

E em que outra hora do dia seu desfile me faria esquecer de tudo tal qual esses momentos onde brilhavas solitária?

 

Não mais, e jamais, querida.

Ainda que quisesses, não mais poderias me dar esses lívidos minutos que se foram com o tempo ao seu caminho eterno.

Mesmo se pudesses jamais eu seria o mesmo menino te vendo passar banhada pelo céu anil. Um quadro da pura beleza tropical pintado para sempre em meu coração.

 

Tudo não passou de um sonho. Sonho de uma tarde de primavera.

Sonho onde te encontro todas as vezes intacta e bela

me esperando para que juntos vejamos as rosas do campo brotar.
Cayus Marcws pocotirios
Enviado por Cayus Marcws pocotirios em 28/05/2008
Código do texto: T1009383


Comentários

Sobre o autor
Cayus Marcws pocotirios
Manaus - Amazonas - Brasil, 32 anos
48 textos (8707 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 02:09)
Cayus Marcws pocotirios