Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Réu Confesso
 
Sem a menor compaixão,
cometi ato impensado.
Entrei, sem ler o aviso:
"Coração, campo minado"!
 
Devastei as ilusões,
destrui recordações
ludibriei sentimentos.
E nessa minha insanidade
só sei que atrás deixei
o coração em tormento.
 
Réu confesso, aqui estou,
de volta à minha razão
e tendo como sentença:
A eterna solidão!
 
Gal Braga (
sh@nti)
07/09/2008  .

Contato da autora- gfshanti1@gmail.com
gal braga
Enviado por gal braga em 12/09/2008
Reeditado em 14/03/2017
Código do texto: T1175095
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
gal braga
Salvador - Bahia - Brasil
163 textos (9431 leituras)
1 e-livros (42 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 05:20)
gal braga