Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um dia...quem sabe!

Deixo de lado minhas convicções
Volto a aprender a externar minhas emoções
Laço forte trago nas mãos,
agarro a felicidade e dou adeus a solidão
Tenho saudades de quando andava pelos eucaliptos, amazona em meu inesquecível alazão
Me ouvia e parecia até que entendia
Balançava a cabeça como prestando atenção
Saía ao amanhecer, só voltava quando ao longe, o sol começava a se esconder
O galope acompanhava tão bem, as batidas de meu coração
Queria sentir aquele ar puro de novo,
Sonhava acordada, época feliz,
desconhecia ainda, o poder da desilusão!!
 
BellVil
Enviado por BellVil em 06/03/2006
Código do texto: T119373


Comentários

Sobre a autora
BellVil
Santos - São Paulo - Brasil
291 textos (21378 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/04/21 07:58)
BellVil