Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Marionete.

Marionete.

Antes de me conduzir entre fios.
Num eterno vai e vem delirante.
Que me prende em seus dedos.
Num balanço alucinante.

Nesse molejo gostoso;
Abusas por ter total controle;
Por meus sentidos, agora torpe.
Me olhando todo desdenhoso.

A me arrastar, me conduzir;
Até flutuar em seus braços.
Desmanchar em seus lábios;
Sabendo que estou em seu poder.

Descartando meu amor quando queres;
Me soltas num fundo e velho baú.
Me esqueces toda emaranhada em seus caprichos;
Na ânsia de novamente estar em seus delírios.

Tânia Santos
Enviado por Tânia Santos em 03/10/2008
Código do texto: T1208851
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Santos
São Paulo - São Paulo - Brasil, 43 anos
47 textos (2591 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 05:59)
Tânia Santos