Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEU PÁSSARO AMADO



Vou andando – e nada vejo
Apenas vislumbro teu desejo
Vou correndo – e nada sonho
Apenas respiro o ar
Que sai de tuas narinas
E adentra meu corpo inteiro
Como que querendo
Unir-se ao teu lampejo

Vou caminhando – e nada consigo
A não ser tocar-te as mãos delicadas
E acariciar sem medo
A sombra dos teus cabelos
Para afogar-me no halo dourado
E derreter-me como cristal de gelo
No sol que brilha de ti
E me envolve em luzes serenas
Para que eu nunca me perca em teus raios
E me esconda na sombra
De teu ninho – como um passarinho

Que, do ovo da sabedoria,
Nasce como teu pássaro amado
Até voarmos juntos e unidos
Numa longa jornada de um dia
Ainda que por toda eterna vida
De uma eternidade que nunca dura
E um tempo que nunca se apaga
Pedro Ernesto Prosa e Verso
Enviado por Pedro Ernesto Prosa e Verso em 07/05/2006
Código do texto: T151909
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Pedro Ernesto Prosa e Verso
Fortaleza - Ceará - Brasil
439 textos (12551 leituras)
1 e-livros (13 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/02/21 16:47)
Pedro Ernesto Prosa e Verso