Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rimas desconexas

Às vezes, num simples fechar de olhos o sentir-te perto de mim me faz sorrir...
Se só por um segundo eu desviar meus pensamentos de ti, inexisto na matéria.
Na existência desta distância faço ir longe os meus afagos e carinhos...
Seja nas palavras ou nas frases faladas, seja no olhar fotografado e na imagem desenhada.
Abstraio de suas palavras o medo de se perder, errar novamente...
É oblíquo, se desistires de mim por motivos tão pequenos para um mundo tão grande?
Meu pesar faz o seu calar, meu olhar não choca o seu ao pressionar, três palavras para falar.
A qualidade de poeta eu não ganhei, aprendi ao te olhar sorrir, te imaginar suspirar...
São só palavras, pesadas e sinceras que de minha boca passam ao papel, sem erros.
Não questione, duvide ou tente responder, o tempo se encarrega destas coisas impraticáveis.
Simplesmente sorria, segure em minha mão e seja o que é, não o que esperam que sejas.
Eu estou aqui para você, seja isso bom ou ruim, eu estou aqui.
Sempre.
Thierry Grima
Enviado por Thierry Grima em 12/06/2009
Reeditado em 12/06/2009
Código do texto: T1645395


Comentários

Sobre o autor
Thierry Grima
Curitiba - Paraná - Brasil, 30 anos
3 textos (175 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 19:55)
Thierry Grima