Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto do Amor

Queria tê-lo bem perto!
Às nuvens deitar-me serenamente
Saciar meu desejo, já permanente
De um delírio de amor, por ti...o eleito.

Os suspiros soados de quando me deito
E teu cheiro impregnado em minha mente
Sozinha neste silêncio tristemente
Entrego-me aos suores deste rude leito.

Nestas noites e quando o sono desperto
Procuro teu rastro e por não tê-lo, livremente
Te tenho nos sonhos novamente.

Sentindo-te tão longe do peito!
A espera do prazer que me consente
Ao mistério deste amor onipotente.


18/05/05
LuliCoutinho
Enviado por LuliCoutinho em 18/05/2005
Reeditado em 22/01/2006
Código do texto: T17820
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
LuliCoutinho
São Paulo - São Paulo - Brasil
857 textos (160160 leituras)
2 áudios (434 audições)
7 e-livros (1323 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/07/20 13:50)
LuliCoutinho