Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACORRENTADO...


Chegaste em minha vida com o coração sôfrego,
A alma sobejada e o corpo aberto em chagas...
E minh’alma também, que se afogava em pragas
Abriu-te um coração mui melindroso e trôpego!

Mergulhamos nos sonhos dos jardins florais
Que dão suporte e abrigo a seres sofredores...
Servindo de sustento a nós, os portadores
Dessas necessidades “quase” especiais...

E o elo universal de amor que me acorrenta
É o mesmo que me excita, afaga e alimenta
Aquilo que eu já tinha há muito sepultado...

Pois longe dos teus olhos sou prisioneiro
Da dor, e só me sinto livre por inteiro
Quando o meu corpo ao teu, se vê aprisionado...

(Nizardo)
Poesia registrada.
Xerinho.
Nizardo Wanderley
Enviado por Nizardo Wanderley em 24/01/2007
Código do texto: T357244


Comentários

Sobre o autor
Nizardo Wanderley
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
684 textos (96548 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 00:57)
Nizardo Wanderley

Site do Escritor