Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

versinho de narração

Não sente nada, só sentimento de fundo,
Eu vou no mundo sem saber onde vou!
Quem eu sou... Ninguém responde!
Nem narrador, que por narrar-me a vida de longe...

Narram-me a vida e as feridas e dormes
Não sei o que dizes se "não-sei" tu respondes
Escondes qualquer coisa de mim e vai
E vou como quem nada sou, narrador que em narrar-me me trai!
dhália
Enviado por dhália em 24/01/2007
Código do texto: T357703

Comentários

Sobre a autora
dhália
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (5522 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 06:11)
dhália