Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O veredito é te amar

Na vida tudo passa, tudo que nela contém com o tempo some e se vai
Esse era o meu pensamento até ver meu amor...
Meu amor é diferente...Meu amor é de setim e de porcelana
As vezes maleável como o setim, as vezes dura e delicada como a porcelana

Meu amor é fenda de dois montes
Meu amor é como aquela única fresta de sol em dia de neblina...
Meu amor se pinta de vermelho...e se torna bela e diferente...

Moça  dos ventos tropicais, que esquenta e conturba meu ser
Meu amor é incerta, mas ao mesmo tempo é a minha resposta para tudo
È o veredito do juiz, é a sentença de vida, é o raro azul do fogo
È passífico som do mar...

È como o fruto da figueira a saciar a fome dos pequenos
È a libertária figura de minha alma
A singela fonte da redenção...

No pó da terra surgiu e no meu coração se sepultará...
Mas somente no meu último suspiro quando não mais puder
te amar...


Wesley Fragoso
Enviado por Wesley Fragoso em 28/02/2007
Reeditado em 02/02/2009
Código do texto: T396740

Comentários

Sobre o autor
Wesley Fragoso
São Paulo - São Paulo - Brasil
12 textos (5577 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 03:35)
Wesley Fragoso